Artigos

11 coisas que os policiais gostariam que as pessoas soubessem

Você não compreende o trabalho da polícia

1. O uso da força não é bonito. As pessoas têm sido condicionadas pela TV a acreditar que um policial bem treinado, com qualquer porte físico, pode imobilizar uma pessoa maior e mais forte, de forma rápida, quase sem esforço, sem o uso de armas, e sem nenhuma lesão para ambas as partes. Isso não é verdade. Poucos policiais são especialistas em artes marciais. O treinamento de defesa pessoal que eles recebem é bastante básico. Imobilizações muitas vezes resultam em lesões nas articulações, lacerações, contusões e outros ferimentos para ambas as partes. Os policiais normalmente ganham, mas só porque normalmente recebem cobertura de outros policiais para dominar o adversário.

2. A maioria dos policiais nunca atirou em ninguém. Poucos policiais irão disparar suas armas fora do estande de tiro em algum momento de suas carreiras. Alguns passam meses sem precisar tirar a arma do coldre.

3. Policiais farão o máximo para evitar atirar em pessoas. Minha experiência pessoal é que, quase uma vez por mês, eu encontraria uma situação em que eu poderia disparar contra alguém de forma legal e justificada. Eu fiz isso apenas uma vez, em todas as outras vezes eu encontrei outra forma de resolver a situação. Uma pesquisa informal mostra que minha experiência não é única. A maioria dos policiais teve várias oportunidades de disparar contra criminosos, mas eles optaram por não atirar.

Loja Força e Honra

4. Estresse pós-traumático é real e comum. Um policial passará por maus momentos depois de se envolver em uma ocorrência com tiros, mas o incidente traumático poderia ser um acidente de trânsito, uma luta ou um resgate que não terminou bem. Qualquer um que disser que nunca se sentiu mal por esse tipo de coisa provavelmente é um sociopata. Policiais que procuram auxílio psicológico muitas vezes são recriminados. Muitos que não vivem a realidade dos serviços na rua acreditam que esses policiais são emocionalmente instáveis.

5. Existe muito stress, mas não da forma que você pensa. A maior parte do stress vem do local de trabalho do policial, não da rua. Unidades policiais são um ambiente muito político.

6. Policiais não são preconceituosos. Existem alguns, é claro – em um universo de mais de meio milhão de policiais, alguns podem ser desequilibrados. Essas pessoas podem ser demitidas facilmente, por isso não duram muito. A grande maioria dos policias não se importa com sua cor, sua religião, o país de origem dos seus pais, quanto dinheiro você tem ou qual sua orientação sexual. Policiais vêem todo tipo de pessoas, muitas vezes no pior momento de suas vidas. Eles sabem que existem pessoas boas e más em todas as categorias. Eles têm preconceito contra babacas, portanto não seja um deles.

7. Alguns de nossos companheiros e companheiras nos envergonham. Com exceção dos responsáveis pela seleção e treinamento de novos policiais, normalmente os policiais não têm muita informação sobre quem é admitido em seus locais de trabalho. Todo mundo conhece alguém imprudente, imaturo, preguiçoso ou apenas bobo.

8. Sua história de “abordagem favorita pela polícia” não é única. Ao saber que alguém é policial a maioria das pessoas vai imediatamente contar sua história memorável de algum contato com a polícia. Normalmente é sobre alguma blitz de trânsito, a forma mais comum de as pessoas terem contato com a polícia. Seu novo amigo policial vai sorrir e acenar educadamente, mas ele vai estar em silêncio esperando para que você acabe. Não é nada que ele não tenha ouvido antes.

9. Não é nada pessoal. Policiais não começam seu dia procurando uma pessoa ou um tipo de pessoa para abordar. Policiais vêem violações da lei e situações suspeitas e devem intervir. Se você recebeu uma multa ou foi preso é porque você infringiu a lei, não porque o policial não gosta de você ou porque faz parte de algum grupo específico. Se isso acontece com você freqüentemente, você deveria parar de culpar as variáveis e considerar a hipótese de responsabilizar a constante.

10. Nós gostaríamos que você parasse de dizer aos seus filhos que nós iremos prendê-los se eles não se comportarem. Pode acontecer, Deus queira que não, que seu filho se perca de você e não saiba para onde ir. Você provavelmente vai chamar a polícia caso isso aconteça. Você quer que seu filho procure um policial para ajudá-lo ou se esconda da polícia por ter medo de ir para a prisão?

11. Você não entende o trabalho da polícia. Isto se aplica mesmo se seu pai, mãe, irmão ou vizinho de porta é um policial. Até que você tenha feito o serviço de polícia de verdade por alguns anos, você nunca vai entender como realmente é.

Este artigo foi publicado originalmente por PoliceOne, a principal fonte online de informações para policiais, e foi traduzido e adaptado pelo Força e Honra (www.SejaForcaeHonra.com.br) em parceria e com autorização da equipe editorial do PoliceOne. Visite www.PoliceOne.com para acessar notícias, comentários, informações educativas, e material de treinamento que ajudam policiais a protegerem suas comunidades e se manterem seguros nas ruas.

Comments

  1. Alcides Batachauer Reply

    Todos os cidadoes deveriam conhecer melhor o trabalho e o comportamento de um bom Policial

    • Certamente Alcides!
      Existem Policiais que são verdadeiros heróis. E eles são a maioria! Obrigado pelo seu comentário!

    • Gleci Furtado. Reply

      É lamentável mas nem falo com meus vizinho que sou da Policia Cientifica, já acham que tem mau cheiro, que lidar com morto contamina. Não entendem que se não houver o profissional nada se concretiza, a população ainda não está educada para aceitar, que policia também tem esposa,filhos e mãe!!

  2. Se as pessoas conhecessem antes de julgar, a “imagem” do policial seria mais reconhecida.
    E mesmo assim eu Quero e Vou Ser uma policial ❤

    • Bom dia Nayara!!
      Parabéns pelas palavras, precisamos de mais pessoas que ame nossa polícia…venha mesmo fazer parte dela!!

  3. “…Alguns passam meses sem precisar tirar a arma do coldre.”
    Errado, a arma do policial nunca deve estar no colete. Policial (rp) tem que abordar, e ninguém aborda com arma no colete.
    Do restante, tudo padrão!

    • Nossa, não sabe a diferença entre coldre e colete. Nunca ouviu falar em Uso Progressivo da força. Podia ter passado sem essa, criança!

      • Denis Carlos Reply

        E aí “Mineiro”, beleza? Quanto tempo hein… Volte a escrever no “Por Dentro da Viatura”, são muitas histórias interessantes. Sou de Brasília. Abs

    • Papa Mike Reply

      Foi a forma de dizer… acho que a maioria entendeu!

    • A arma fica no coldre. Para policiais embarcados, o coldre fica no colete. Para policiamento a pé, no cinto

  4. Conheço o belíssimo trabalho de muitos policiais. Inclusive o psicológico que eles tem em ajudar terceiros. Porém, grande parte desse texto são inverídicas… no entanto, tais profissionais por estar em vantagem (armado) do cidadão comum, se acham super humanos. Divergindo sobre muitos.

  5. Não postaram meu comentário. SITE é PARCIAL. Só postagens favoráveis?!!!.

  6. Conheço excelentes Militar da PM que são exemplos bons exemplos, mas i.felizmente existem aqueles que sujam a corporação com ações fúteis e bobas, pessoas fracas de mentes vazia,sem Deus, não podemos julgar toda uma corporação por um ou dois elementos que agem fora do padrão. Continuo acreditando no bom trabalho da Polícia Militar, Civil e Federal.

    • Me diga uma profissão que não exista um mau caráter…. Na Polícia eles tbm existem.

  7. Nunca tive nenhum tipo de problema com policiais militares, sempre respeitei e fui tratado com muito respeito e educação, eles estão aqui para nos proteger, quem não gosta de policia é bandido…

  8. Francisco Benincasa Reply

    Sair cedo, de casa pra trabalhar sem saber o que vai encontrar muitos desses guerreiros nem voltam mais , sol , chuva , fome , sede, salário de fome, vira psicólogo , vira parteiro , se der certo não vez mais do que sua obrigação, se der errado, forca .Parabéns todos os policiais . Respeito e honra a todos !!!

  9. Luiz Alcantara Reply

    Luiz alcantara : assisti todos os discursos do sr Trump e com 64 anos SEMPRE tive a mesma opinião Polícia deve ser Respeitada, honrada tanto por nós todos como por eles mesmos! Saem todos os dias de suas casas sem saber se voltam, sem saber se sua própria família vai ficar a salvo, sem saber se não vai ter nenhum malaco seguindo seus filhos ou esposa. E tudo pelo dever que está em seu espírito o de proteger a sociedade e com certeza não pelo salário. Se o $$ fosse 5X+ ainda acho pouco. FORÇA PESSOAL VCS MERECEM PARABÉNS de nós todos.

  10. Claudemir Souza Reply

    Senhores e Senhoras, como Psicólogo e, atualmente, estudante de Direito, pergunto-vos:
    JÁ REFLETIRAM QUE A ESTRATÉGIA DA CORPORAÇÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL POSSA ESTAR EQUIVOCADA?
    Explico melhor: a sociedade não é composta apenas desse tipo de gente, aqueles que eu mesmo chamo de “idiota moderno” porque estes fazem questão de gerar, manter e alimentar boatos. Em uma certa rede de televisão aberta, a maioria dos jornalistas, se é que são mesmo jornalistas, são idiotas modernos.
    Na contramão desses, existem aqueles que se preocupam, mesmo, com a situação de enfrentamento que se instalou graças à ação criminosa de governantes, políticos, professores e outros corruptos.
    Esses, digo os cidadãos honrados, rogam e precisam de vocês.
    A sociedade não é feita apenas daqueles que preferem um criminoso ao policial, mas, muito mais daqueles que gostam mais do policial do que dos criminosos (bandidos, ladrões, estupradores, políticos, professores indignos, etc).
    Volto ao tema.
    A estratégia de comunicação social das forças policiais está, e nisso afirmo convictamente, equivocada. O ideal seria focar não o combate à violência, mais comum, mas, sim, o lado do trabalho de vocês que a sociedade desconhece por falta de informação concreta.
    Se canalhas políticos ganham tempo gratuito para mentir na TV, ora, por que as forças policiais não gozam do privilégio da comunicação gratuita?

Write A Comment

%d blogueiros gostam disto: