O que você precisa saber sobre se casar com um policial

Antes de dizer “eu aceito”…

Ser cônjuge de um policial não é fácil e não é para corações fracos.

De alguma maneira é como qualquer outro casamento – você não se casa apenas com seu cônjuge, você se casa com tudo o que vem com ele ou ela, como familiares e amigos. Quando você se casa com um policial, você está recebendo tudo isso e muito mais, incluindo seus irmãos de farda e um estilo de vida que não é nada convencional.

O casamento nunca é fácil. Ele dá trabalho. Há coisas específicas que ajudarão a fortalecer seu vínculo quando se trata do casamento entre você e essa pessoa atrás da farda. Eu fiz uma lista, com base nos comentários de cônjuges de policiais, condensando aquilo que você certamente terá que lidar:

FALTA DE TEMPO

Finais de semana, feriados, aniversários, eventos especiais – nada é garantido na programação de um policial, especialmente quando se novato e não consegue sequer escolher seu armário no alojamento do quartel. Mesmo uma pessoa que se considera flexível será desafiada às vezes.

Isso significa que você terá que aprender a maximizar seu tempo juntos e aproveitar cada minuto. Alguma coisa sobre a natureza deste trabalho deve tornar as palavras mais suaves, os abraços mais longos e o tempo longe do trabalho ainda mais precioso. Se você fica sabendo disso antecipadamente, é mais fácil aproveitar o tempo que lhe é dado em vez de desperdiçá-lo reclamando de uma escala que muitas vezes está fora de alcance.

MUDANÇAS NAS CONVERSAS

Lembro-me do início da minha carreira como policial, minha esposa às vezes me dizia que o que eu achava ser uma conversa normal parecia um interrogatório para ela. Não é algo que você pretende fazer, mas definitivamente acontece. Pior ainda para uma conversa é quando eu, como muitos outros policiais, tentamos cortar todas as informações não essenciais em uma situação e “chegar logo à conclusão”. Quando você está passando um dia com seu cônjuge, esse não é sempre o plano mais sábio.

Além dessas falhas verbais, toda a percepção de um policial sobre o mundo em torno dele estará mudando e pode criar uma distração. Por exemplo, quando eles se sentam em um restaurante e ficam analisando constantemente o ambiente e as pessoas enquanto você está tentando discutir algo importante em um jantar supostamente romântico à luz de velas.

Eu notei que quanto mais minha carreira avança, mais eu sou capaz de controlar esse aspecto das coisas, mas exige paciência e ajustes para reduzir esses tipos de distrações. Esteja disposto a lembrá-la gentilmente que você não está falando com ela para fazer um relatório, você está falando com ela porque ela é importante para você.

TOLERAR CRÍTICAS

Sugiro que leia os comentários de um artigo ou notícia on-line que envolve qualquer coisa relacionada à polícia. Seu cônjuge policial está potencialmente lidando com essa vida (leia: críticas constantes) todos os dias que ele está trabalhando. Isso pode causar sofrimento e vai, pelo menos, forçar sua pele a engrossar para que ele possa continuar a fazer seu trabalho com integridade, apesar dos golpes.

A grande verdade é, é difícil para os cônjuges de policiais dizer aos outros o que seu marido ou esposa faz. E é difícil lidar com amigos ou familiares que têm uma visão contrária sobre as questões que cercam a segurança pública nos dias de hoje. Você se sente preso e frustrado. Acredite, seu marido ou esposa policial entende esta frustração e gostaria que houvesse  algo mais que pudessem fazer para receber todos os golpes que você recebe e protegê-lo ou protegê-la de uma opinião pública tão terrível. Por mais que eles tentem te proteger, você também terá que desenvolver uma pele mais grossa para manter um nível saudável de sanidade em face de todas as críticas que você vai enfrentar. Se você encontrou pessoas que dão apoio ao seu redor, isso é incrível; Fique focado nessas pessoas; Faça amizade com essas pessoas; Ouça essas pessoas. Você vai precisar delas.

Não escrevo nada disto para desencorajá-lo de seu relacionamento com um policial, mas para lhe dizer que é possível. Você pode ter um casamento saudável e feliz com este trabalho, se você entender o que vem com ele e aprender a se adaptar e superar as dificuldades. Simplificando, o casamento só funciona quando todos se arriscam.

Gostou desse artigo? Nos siga no Facebook e acompanhe artigos como esse e muito mais conteúdo exclusivo.

Este artigo foi publicado originalmente por PoliceOne, a principal fonte online de informações para policiais, e foi traduzido e adaptado pelo Força e Honra (www.SejaForcaeHonra.com.br) em parceria e com autorização da equipe editorial do PoliceOne. Visite www.PoliceOne.com para acessar notícias, comentários, informações educativas, e material de treinamento que ajudam policiais a protegerem suas comunidades e se manterem seguros nas ruas.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s