Artigos

10 coisas que as pessoas casadas com policiais devem saber

Em um mundo onde policiais são analisados por tudo que fazem, não é sempre que podemos analisá-los por um lado mais íntimo. Não esqueçamos, policiais também são humanos e têm famílias e relacionamentos como o resto de nós. A diferença é que os policiais geralmente tendem a ser pessoas singulares em alguns pontos. E por causa disso, estar em um relacionamento com um policial pode ser difícil. Então, como uma ex-policial que agora também está se casando com um deles, eu compilei uma lista de dez pontos-chave que acredito que todos os policiais precisam que seus cônjuges saibam, mesmo que não digam isso o tempo todo.

1) Tente não mostrar ao seu cônjuge policial que você se preocupa com ele 100% do tempo, porque isso irá frustrá-lo. Eles se sentirão como se você não acreditasse no treinamento deles. Isso também aumenta sua já alta ansiedade de nunca saber o que pode acontecer a seguir. E eu quero que você saiba que, como uma cônjuge de policial, isso não é fácil de fazer. No entanto, você precisa depositar tanta fé e confiança quanto puder em seu policial. Mostrar-lhes suas preocupações o tempo todo não vai ajudar.

2) Confie no treinamento, educação e experiência do seu cônjuge policial. Se você não tem certeza sobre as coisas e quer saber mais sobre seu treinamento, pergunte. Simplesmente comece a conversa e diga a ele que você quer aprender mais sobre o que ele faz e por que ele faz isso. A pergunta típica que a maioria das pessoas fará é: “Por que você simplesmente não atirou na mão ou na perna? Por que você teve que matá-lo? ”Este é um exemplo de alguém que não tem ideia de como um policial é treinado. Como resultado, uma conversa simples esclarecerá essas questões.

3) Seu cônjuge policial ama o trabalho. E é um trabalho que exige muito. Vai parecer que ele ou ela não te ama, mas isso normalmente não é o caso. Seu cônjuge policial te ama mais do que você pode imaginar, mesmo que ele não mostre. Não mostrar isso é (mais ou menos) parte do trabalho e levará algum tempo para se ajustar. Você deve lembrar que, para muitos policiais, trata-se de desligar as emoções. Quando eles fazem isso, eles se tornam melhores no trabalho porque são objetivos. Então, infelizmente, isso impactará em sua vida doméstica. Portanto, como cônjuge, você acaba de se conscientizar disso devem e trabalhar nisso juntos.

4) Você é o porto seguro do seu cônjuge policial mesmo que eles não digam. Eles precisam que você seja a rocha da família. Além disso, tenho 95% de certeza de que eles também não lhe dirão isso. Seu cônjuge policial precisa que você seja forte, solidária, amorosa, receptiva e divertida, porque o trabalho é exigente e eles precisam ser sérios a maior parte do tempo.

Seja a pessoa que faz com que eles queiram voltar para casa, ligar ou conversar depois que as coisas tiverem ido muito mal no trabalho. Você faz isso sendo solidária, não ficando chateada ou surtando sobre as coisas bobas e ouvindo-os. Ele vê coisas que a maior parte das pessoas nunca teve que ver e sente todo tipo de sentimentos por isso também; Portanto, não seja tão crítica em relação a ele ou ele não vai querer se abrir com você.

5) A menos que seja uma emergência, por favor, não ligue para o seu cônjuge policial 10 vezes enquanto ele estiver no trabalho, porque ele pensará que você está precisando de ajuda. Se ele não conseguir responder, ele ficará preocupado e a cabeça dele sairá do trabalho. Isso vale para mensagens de texto também. Não há nada pior do que estar em uma ocorrência enquanto o telefone está explodindo no seu bolso. Isso causará muita ansiedade para o seu cônjuge policial. E quando ele entrar em contato com você, acredite em mim, se não era uma emergência, você pagará o preço! Isso nos leva de volta ao item de confiar que ele estará seguro no trabalho.

6) O seu cônjuge policial irá agir de forma diferente em público do que outros cônjuges, e ele estará sempre atento a tudo que acontece enquanto vocês estão em público.Ele pode até parecer estar no limite e isso é porque eles realmente estão e sempre estarão. Um cão pastor está sempre pronto para proteger as ovelhas (ou seja, você ou qualquer inocente). Então, ele sempre estará olhando para quem está entrando e saindo, quem está olhando para eles, quem está agindo de forma estranha e procurando por algo que não pareça certo. Isso é típico e você deve aceitá-lo e permitir que seja assim. É assim que ele salva sua própria vida todos os dias durante o trabalho.

7) Seu cônjuge policial pode sempre andar armado. Você precisa saber que isso faz parte de quem ele é. Ele fica com uma arma no cinto por mais de 40 horas por semana e é porque é uma ferramenta de salvar vidas. Poderia salvar facilmente a sua vida, assim como a dele e a da sua família. ACEITE ISSO. Policiais não são inexperiente com armas de fogo. Eles fazem isso todos os dias. Tornou-se memória muscular para eles lidar com isso. Se você forçar seu cônjuge policial a se desarmar, isso será um erro. Está tirando a memória muscular que ele desenvolveu. Sejamos honestos, se algo acontece que representa um perigo, qual é a primeira coisa que ele vai procurar? Sua arma!

8) Seu cônjuge policial não acha que todo mundo é mau, mas não confia em ninguém. Ele sabe que há pessoas boas neste mundo, mas precisa que as pessoas provem isso antes de começar a gostar delas. Mesmo assim, seu cônjuge policial pode permanecer com um pé atrás sobre elas. Como policial, vemos muitos lados das pessoas. Nós vemos o que as pessoas são realmente e nós encaramos o mau nos olhos em várias ocasiões; acredite em mim quando digo que o círculo de amigos de um policial é muito pequeno. Tenho certeza que você já viu isso e vai ser algo que você precisa aceitar.

9) Você vai passar por situações difíceis mais frequentemente do que imagina. Seu oficial cônjuge policial pode ficar estressado, ficar com raiva, parecer irritado e ser muito fechado com você sem motivo. Esse é um aspecto do trabalho que eu realmente odeio, mas é real. Isso acontece em todos os relacionamentos policiais que eu já vi. Eu também sei que este é um dos principais problemas dentro do relacionamento e é um que eu já tive que enfrentar nos dois lados.

Há tanta coisa que se passa dentro do trabalho que os policiais não podem controlar, não entendem e requer zero emoção para sobreviver. Então, quando o seu cônjuge policial está com você, ele se sente seguro para ser ele mesmo e deixar as coisas simplesmente saírem. A solução para isso é se comunicar de maneira calma e apresentar um plano quando o seu cônjuge estiver agindo assim. Às vezes, pode ser tão fácil quanto dar a ele algum tempo sozinho, ou fazer com que ele se exercite, leia um livro, etc.

10) Se você é novo na vida de cônjuge de policial, isso pode te assustar, mas antes que isso aconteça, me ouça. Seu cônjuge policial não vai ficar perto de pessoas que são criminosos, usuários de drogas, pessoas que bebem e dirigem, ou qualquer um que vá desrespeitar a polícia ou na frente dele. Enquanto você lê isso, você pode pensar “mas isso é lógico”, sem perceber que pode ter amigos e familiares que se encaixam nessas categorias. Isso será muito difícil para você lidar.

Ao ficar perto de pessoas como esta, você não tem ideia da situação em que coloca o seu cônjuge policial. Você deve entender que colocar o seu cônjuge policial em uma situação em que ele ouve ataques a polícia, conversas de atividades criminosas ou conversas / ações acontecendo o deixa extremamente desconfortável. Isso pode acabar te colocando numa posição em que você estará entre seu cônjuge e seus amigos / familiares.

A melhor maneira de lidar com isso é tentar evitar essas situações ao máximo possível. Se você não puder evitar os encontros, converse com sua família sobre manter a boca fechada em relação a determinados tópicos. Eu pessoalmente tive que fazer isso, e embora seja estranho, eu me importo com o meu cônjuge quando estou perto da minha família. Então vale a pena para mim. Também é importante que a esposa de um policial evite sair com essas pessoas por conta própria. Se for inevitável, você precisará fazer ajustes.

Entenda que estar com um policial significa que vocês dois vivem em uma casa de vidro. Consequentemente, TODOS estão vigiando vocês. Você pode imaginar o que as pessoas diriam se soubessem que a esposa do policial estava saindo com o motorista bêbado o tempo todo?

Finalmente, como você pode ver, há muitos pontos a serem considerados. A vida de um policial é complicada e única. Se você está se juntando à vida de um deles, todos os pontos acima se tornarão reais para você.

__________

Gostou desse artigo? Siga-nos no Facebook e acompanhe artigos como esse e muito mais conteúdo exclusivo.

Este artigo foi publicado originalmente por Law Enforcement Today e foi traduzido e adaptado pelo Força e Honra (www.SejaForcaeHonra.com.br)

Write A Comment

%d blogueiros gostam disto: